25.9.08

Por estes dias, deixei o cinema independente (do qual sou confesso apreciador e viciado) e dediquei o meu precioso tempo a cinema Hollyodesco ou comercial.

Vi variadíssimos filmes, sobre variadíssimos temos… Uns fracos, outros bastante fracos, uns razoáveis, uns mais razoáveis que outros e duas pérolas…
 
É um pouco estranho dizer que encontrei no cinema comercial, duas pérolas (é mesmo muito raro, encontrar filmes com esta qualidade na cinematografia comercial), mas confesso que são duas verdadeiras obras-primas da sétima arte.
 
Mas mais estranho que encontrar duas pérolas, é o facto de essas duas pérolas, terem exactamente a mesma temática…. AMOR/MORTE. 
Se bem que, as perspectivas são bastante diferentes… Uma um pouco mais negra e sobre amizade a outra um pouco mais suave e sobre coragem.
 
Numa perspectiva muito mais negra, mais pessimista da vida e com o valor da amizade e da ajuda a sobressair, temos o filme: THINGS WE LOST IN THE FIRE, com uma fantástica interpretação de Benicio Del Toro e de Halle berry e ainda com a participação do magnifico Sr. David Duchovny. Este é um dos filmes a não perder.
 
 
Numa perspectiva muito mais suave, mais simplista, mas não menos intensa, onde a coragem e os valores da família são muito importantes, temos o filme: FEAST OF LOVE, com (mais uma) excelente interpretação do Sr. Morgan Freeman, no papel principal. Conta ainda com a participação de Greg Kinnear e de Radha Mitchell.
 
 
Até Breve!
link do postPor pinguboy, às 17:45  comentar

24.9.08

Na semana passada ouvi na MTV uma musica, que desde o primeiro acorde me ficou no ouvido... Passei o dia a cantarolar o refrão....

Hoje partilho convosco o fantástico mundo dos MADCON.

Uma banda de influências hip-hop e R&B, com uma sonoridade muito caracteristica, fazendo me lembrar os OUTKAST.

 

Esta dupla de bons rapazes é norueguesa, imagine só, que do frio também vêem coisas quentes!

 

Aqui fica o clip para o primeiro single BEGGIN, que é uma verdadeira perola...

 

 

link do postPor pinguboy, às 14:19  comentar

23.9.08

Hoje, escrevo sobre um dos mais promissores fotógrafos da cena internacional, na vertente de moda e publicidade.

Chama-se Casey Curry, tem 27 anos de idade e desenvolve a sua actividade profissional na fantástica cidade de Los Angeles.
Este californiano de berço, é um dos mais conceituados fotógrafos de moda no continente americano e o futuro promete ser ainda muito risonho.
 
Com uma mistura de estilos e influências, Casey prima pela originalidade dos seus sets, dando vital importância a pré-produção dos seus trabalhos.
Com um registo surrealista e uma predilecção enorme pela manipulação artística de imagem, Casey tem no seu portfolio, imagens cheias de cor e de vida com fundos mundanos, abstractos e plásticos.
 
Aqui ficam alguns dos seus trabalhos:

 

    

 

    

 

     

 

    

All Photo by Casey Curry

 

Música: Tyler Ramsey - A Long Dream
link do postPor pinguboy, às 18:11  comentar

5.9.08

Que raio de fotografo sou eu, que nunca escreve sobre fotografia neste meu pequeno espaço cibernético?!

Vou colmatar essa enorme lacuna e de hoje em diante vou começar a escrever com mais frequência sobre fotografia e/ou fotógrafos.

 

Para começar, vou escrever sobre um fotógrafo, quase desconhecido, mas com um trabalho impar na fotografia de horror. Chama-se Joshua Hoffine nasceu em Kansas, nos EUA, tem 35 anos e desenvolve a largos anos, um trabalho bastante técnico e muito específico na arte fotográfica, normalmente designada por "fine art photography". Joshua faz pequenas produções independentes, utilizando para a concepção dos seus trabalhos, cenários, make-up especifica, guarda-roupa, máquinas de fumo e muitas outras parafernálias normalmente só utilizadas em filmes do género.

 

Como é um fotógrafo independente (freelancer), e os fundos disponíveis para pagar as suas produções de "fine art" são muito reduzidos, faz em part-time pequenos trabalhos como repórter fotográfico, bem como alguns trabalhos publicitários de menor escala.

 

Este senhor é um dos meus fotógrafos favoritos, não só pelo trabalho desenvolvido, bem como pela sua perspectiva de "fine art".

 

Aqui ficam alguns trabalhos do senhor Joshua:

 

      

 

                 

 

                 

All photos by Joshua Hoffine

Música: The Verve - Love is Noise
link do postPor pinguboy, às 19:54  comentar

4.9.08

 

Por estes dias estava tranquilamente em casa a ver TV, estava entusiasmadíssimo a ver uma das minhas series favoritas, quando de repente entra o intervalo.

Muito embora tenha um fascínio por publicidade, confesso que ver repetidamente a mesma publicidade não me agrada muito, de modos que, mal entrou a publicidade arranjei logo qualquer coisa para ocupar os 5 minutos de intervalo.

 

De repente e sem olhar para a TV, algo me despertou a atenção... Uma musica... uma musica de uma publicidade

Foi tão efémera a publicidade, que fiquei curioso e pesquisei sobre a musica.

 

Foi então que descobri, a voz magnífica, de uma jovem de 20/21 anos. Chama-se Ana Free e para além de algumas composições originais tem magníficos covers de músicas bem conhecidas. Um talento!

 

 

Até Breve.

link do postPor pinguboy, às 17:52  comentar

Pesquisar no Blog
 
subscrever feeds